14 de março de 2008

Auto Estima das Mulheres


À medida que envelhecemos, nós as mulheres, ganhamos peso. Isto acontece porque acumulamos muita informação na nossa cabeça.
Mas claro, chega a um ponto em que tanta informação não cabe na nossa cabecita. Assim essa informação acumulada começa a distribuir-se por todo o corpo. "Hummm… agora estou a entender tudo…!"
Ou seja:
Não nos sobram quilos!! Não ficamos gordas!! Ficamos apenas cultas, muito cultas.
Sim Senhor somos perfeitas... Porque:


  • Não ficamos carecas;

  • Temos um dia nacional e outro internacional;

  • Podemos usar tanto o cor de rosa como o azul;

  • Temos a certeza de que os nossos filhos são nossos;

  • Temos prioridade nos naufrágios;

  • Não pagamos a conta;

  • Somos os primeiros reféns a serem libertados;

  • Se somos traídas, somos vítimas, se traímos, eles são os cornudos;

  • Podemos dormir com uma amiga sem sermos chamadas de homossexuais;

  • Podemos tomar a tenção a várias coisas ao mesmo tempo;

Mulher de embaixador, é embaixadora; marido de embaixadora, quem é?
Mulher de presidente é a primeira dama; marido da presidenta, quem é?


E por último:
Fazemos tudo o que o homem faz, e COM TACÕES ALTOS…!!!

Autor Desconhecido

O amor não se descreve...


Porque o amor não se descreve… sente-se…
Porque o vejo nos teus olhos cada vez que olhas para mim,
Porque o sinto na pele cada vez que me tocas,
Porque o ouço na cabeça de cada vez que dizes o meu nome…
O amor sente-se… e eu sinto-te a ti, porque te amo, porque te quero mais que tudo neste mundo.
O amor não se descreve... sente-se…
E eu fico aqui, nestas alturas em que nos encontramos distantes, a sentir-te, com tanta força que por vezes julgo poder tocar-te…
O amor não se descreve… sente-se, como eu te sinto a ti, e tu me sentes a mim,
Naqueles abraços que damos, nos beijos que trocamos, nas conversas que temos, o amor está lá… porque não é preciso eu dizer-te que te amo com todas as forças para tu o saberes, porque não precisas de me dizer que me amas porque eu vejo-o nos teus olhos…
O amor não se descreve… sente-se…
E eu fico aqui… só a ver-te respirar enquanto dormes, porque sei que me sentes, como eu te sinto a ti…
Autor Desconhecido